Por que o Brasil?

BRASIL, UM ÓTIMO INVESTIMENTO

O Brasil é a maior economia da América Latina, a segunda das Américas, atrás apenas dos Estados Unidos e a 6ª maior economia do mundo. Estes dados referem-se tanto nominalmente quanto em paridade do poder de compra, de acordo com o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial. O país tem uma economia mista com vastos recursos naturais. O PIB (PPC) per capita atual é de $15.900 dólares. Ativo em setores como mineração, manufatura, agricultura e serviços, o Brasil é formado por uma população de 203 milhões de habitantes. Sua força de trabalho é composta por mais de um 108 milhões de pessoas, a 6ª maior do mundo, e a taxa de desemprego chega somente a 6,2% (64º no mundo).

O Brasil é um país geograficamente livre de desastres naturais de grande escala como terremotos, furacões, tufões, vulcões em atividade e outras catástrofes. Seu Governo regido por uma República Democrática, dirigido por um sistema presidencial. A atual presidente, Dilma Rousseff, é o chefe de Estado e de Governo da União.

NÚMEROS DESTAQUE NO BRASIL

6

6ª Economia mundial

203

Milhões de Habitantes

108

Milhões de Trabalhadores

4

4º Maior Mercado e o 6º Produtor Mundial de Veículos

OS LÍDERES MUNDIAIS E O BRASIL


O Brasil já alcançou o futuro. EUA e Brasil são parceiros iguais no desenvolvimento econômico mundial.

Barack Obama | Presidente dos Estados Unidos


O Brasil está classificado como um importante parceiro econômico da Alemanha. Nós continuaremos estreitando os laços com o Brasil.

Angela Merkel | Chanceler da Alemanha


Lucrará mais quem apostar no Brasil, pois temos uma infraestrutura de primeiro mundo

Dilma Rousseff | Presidente do Brasil


O Brasil abriga a maior comunidade nipônica fora do Japão e o país é “potência-chave” no relacionamento com a América Latina.

Shinzo Abe | Primeiro-ministro do Japão


O crescimento econômico do Brasil é impressionante. Quero aprofundar a relação entre os dois países.

David Cameron | Primeiro-ministro do Reino Unido


Eu tenho confiança e admiro o desempenho da economia do Brasil. O Brasil é um aliado para os países da União Europeia.

François Hollande | Presidente da França


Temos ações em conjunto no desenvolvimento bilateral. Várias companhias russas estão entrando no mercado brasileiro.

Vladimir Putin | Presidente da Rússia


A intensificação do comércio com o Brasil é uma prioridade do Canadá. O Brasil tem um papel cada vez mais relevante como player econômico.

Stephen Harper | Primeiro-ministro do Canadá

O BRASIL ECONOMICAMENTE

1 / 53

O Brasil possui uma Economia de 108 Milhões de Pessoas Ativas.
Com isto possuímos Escala de Investimentos Globalizados.

O BRASIL CULTURALMENTE

1 / 3

MAIS LÍDERES

 

O Brasil é um exemplo para o mundo em termos de democracia e desenvolvimento e o recuo da pobreza deveria inspirar outros países.

Barack Obama | Presidente dos Estados Unidos

 

Brasil e Alemanha são parceiros confiáveis em questões de economia e investimentos. As crises que acontecem nesse momento na Europa e na América do Sul nos aproximam nas relações externas.

Frank-Walter Steinmeier | Ministro das Relações Exteriores da Alemanha

 

As nossas tradicionais relações econômicas apresentam importantes oportunidades de crescimento, seja no plano comercial seja naquele dos investimentos, em particular nos setores mais avançados.

Matteo Renzi | Primeiro-ministro da Itália

O BRASIL POLITICAMENTE

1 / 6

BRASIL PARA INVESTIDORES

Standard & Poor's

O Brasil é classificado como grau de investimento Standard & Poor's BBB. Possui uma classificação muito boa para receber investimentos estrangeiros, concedida apenas a países com grandes probabilidades de honrarem suas dívidas.

Segurança

Possui acordos de bitributação com diversos países do mundo e o ambiente institucional garante segurança aos investidores, que contam com um moderno e eficiente sistema financeiro.

Principal Destino

Brasil é o principal destino dos investidores estrangeiros diretos na América Latina.

Vantagens

Tem executivos de primeira linha, o que é difícil achar em outros países. Capital estrangeiro é tratado como se fosse nacional, para o investidor utilizar vantagens do governo.