Whirlpool Vende Embraco por R$ 3,4 Bilhões

O Estado de SC Reduz ICMS da Indústria de 17% para 12%
13 de Abril de 2018
Tupy, de Joinville, Fatura mais de R$ 1 Bilhão
17 de Maio de 2018

Whirlpool Vende Embraco por R$ 3,4 Bilhões

O mercado global registrou nesta terça-feira (24) uma das maiores transações de compra e venda do ano.

O negócio de mais de R$ 3,4 bilhões envolve uma empresa que nasceu em Joinville, no Norte catarinense, a Embraco, vendida para um grupo japonês que passa a ser dono de todas as fábricas no Brasil, China, Eslováquia e México e dos escritórios nos Estados Unidos e na Rússia, como mostrou o NSC Notícias.

Mapa Embraco – Relatório de Sustentabilidade

A negociação durou meses e foi fechada nessa madrugada. Mas a Embraco não era mais brasileira. Ela foi fundada em 1971 em Joinville, mas em 1997 foi vendida pro grupo Whirpool, que é americano, e também tem fábrica na cidade e produz eletrodomésticos.

A Embraco é líder mundial em compressores para refrigeradores. Um compressor é como se fosse o coração de um sistema de refrigeração, altera a temperatura do equipamento. Entre as principais aplicações estão as geladeiras.

A empresa pode produzir até 40 milhões de compressores por ano e tem 11 mil funcionários pelo mundo, sendo que quase a metade fica no Brasil. São cinco mil funcionários nas unidades de Joinville e Itaiópolis, também no Norte.

Para a Associação Empresarial de Joinville (Acij), a venda da Embraco é uma mudança de controle acionário, em princípio sem causar grandes mudanças.

“Como muda controlador, com o tempo vai implantar sua cultura, sua forma de agir, de pensar. Mas não existe uma outra planta da Embraco onde o comprador pudesse fazer sinergia, cortando custas e demitindo pessoas, e tal”, disse João Martinelli, vice-presidente da Acij.

Para o sindicato que representa os funcionários, a expectativa é positiva. A categoria acredita em expansão de produção, com mais contratações. No ano passado, a Embraco exportou para mais de 80 países e atingiu um consolidado de vendas de US$ 1,3 bilhão.

A empresa que comprou é a japonesa Nidec, “Interessada em tudo o que gira e se move”, fundada em 1973 pelo japonês Shigenobu Nagamori, atual presidente da companhia, a então Nippon Densan Corporation começou produzindo pequenos motores de precisão para utensílios como máquinas de barbear e produtos eletrônicos. Após quase 45 anos, apenas o CEO permanece o mesmo.

Para  diversificar as áreas de atuação, a Nidec fez negócios bilionários nos últimos anos. Antes da Embraco, o  mais recente havia sido a compra da empresa francesa Leroy-Somer, líder mundial em alternadores industriais e fabricante de geradores. A subsidiária tinha 9 mil funcionários, inclusive no Brasil, e o negócio foi concretizado em janeiro de 2016 por 1,2 bilhão de dólares.

Para a venda da Embraco ser consolidada ainda é preciso a sanção de autoridades regulatórias brasileiras e de outros países. A expectativa é que a transação leve um ano pra ser concluída.

 

Fonte: G1 e Assessoria de Imprensa da SANTA CATARINA Industrial Land

 

INVISTA NO ESTADO DE SANTA CATARINA

CONHEÇA O GRUPO SANTA CATARINA

O GRUPO SANTA CATARINA é uma Holding Brasileira com sede no Estado de Santa Catarina, fundada há 20 anos, com o objetivo de administrar bens próprios e desenvolver novos negócios Nacionais e Internacionais para INVESTIDORES, FUNDOS DE INVESTIMENTOS, INDÚSTRIAS e EMPRESAS. Atualmente o GRUPO SANTA CATARINA, além de controlar outras empresas, controla a SANTA CATARINA Industrial Land.

O GRUPO SANTA CATARINA Estrutura, Desenvolve, Implanta, Comercializa, Opera e Administra seus Ativos e Novos Negócios. Especializada e Preparada em oferecer soluções no setor Imobiliário Residencial, através de Loteamentos e Condomínios Residenciais, no setor Industrial através de suas Plantas Industriais, Condomínios Industriais, Terrenos Industriais e BTS – Built to Suit, além de seus negócios na esfera de Infraestrutura Nacional.

VENHA FAZER SEUS NEGÓCIOS E INVESTIMENTOS EM UMA EMPRESA GLOBALIZADA, ÁGIL, TRANSPARENTE, SEGURA E PRINCIPAMENTE COM LEGALIDADE

www.gruposantacatarina.com

Os comentários estão encerrados.