Maio de 2020! Movimentação Portuária em Santa Catarina é 10% maior Comparado com mesmo Período de 2019

Companhias Aéreas Retomam Voos nos Aeroportos de Santa Catarina
1 de junho de 2020
Santa Catarina Reage com Inovação e tem Projeto para Retomada Economica
10 de junho de 2020

Maio de 2020! Movimentação Portuária em Santa Catarina é 10% maior Comparado com mesmo Período de 2019

 

Nova Bacia de Evolução e investimentos no canal tem proporcionado mais eficiência na operação dos navios.

 

O Relatório de Estatísticas, divulgado mensalmente pela Superintendência do Porto de Itajaí, na condição de Autoridade Portuária, registrou crescimento de 10% na movimentação de contêineres no Complexo Portuário de Itajaí. Em abril de 2020 foram movimentados 115.321 TEUs (unidade de medida correspondente a um container de 20 pés) contra 105.078 no mesmo período do ano anterior.

Porto de Itajaí

Nesse período, a movimentação do complexo foi de 1.230.174 toneladas, que indicam um crescimento de 5% em comparação a abril de 2019, quando foram movimentadas 1.173.755 toneladas.

O complexo registrou ainda 87 atrações, indicando uma estabilidade em relação ao ano passado com registro de 88 embarcações. Desses navios, 38 atracaram nos berços públicos e da APM Terminals e os demais atracaram nos Terminais de Uso Privado (TUPs):  47 embarcações na Portonave, uma no TEPORTI e outra no Terminal Barra do Rio.

Apesar das dificuldades enfrentadas por causa do novo coronavírus, a movimentação vem se mantendo dentro de um volume regular, como destaca Heder Cassiano Moritz, Diretor de Operações Logísticas da Superintendência do Porto de Itajaí:

“Em relação as operações de abril nós tivemos uma boa movimentação com números positivos na movimentação de TEUs. Em relação aos os primeiros dias de maio nós conseguimos manter o número de escalas realizadas, o que é importante, apesar da queda no volume de cargas movimentadas por escala. Isso já era esperado se observarmos a receita cambial, em relação aos primeiros meses do ano passado, que teve queda 4,7% na importação e 4,9% na exportação. Ainda em relação as atracações, podemos destacar o ganho operacional que as manobras especiais realizadas com navios de até 306 metros de comprimento na área da nova Bacia de Evolução, tem nos proporcionado favoráveis para todo o complexo, e, tem nos dado uma rotatividade muito maior com condições operacionais do gerenciamento das escalas muito mais tranquilo”, afirma Heder.

O Cais Público (APM Terminals e berços públicos) registraram em abril, a movimentação de 41.804 TEUs, 455.176 toneladas e 38 atracações. Esses números representam crescimento 7% na quantidade de TEUs em comparação a abril de 2019, quando foram movimentados 38.903 TEUs. A tonelagem apresentou estabilidade no comparativo ao ano anterior, em que foi registrado a movimentação de 449.866 toneladas. Em relação às embarcações, em 2019 foram registradas 41 atracações, o que representa uma queda de 7%.

Para o Engº Marcelo Werner Salles, Superintendente do Porto de Itajaí, a queda no número de atracações é resultado dos investimentos feitos no canal, que possibilitam a entrada de navios maiores:

Os Armadores tem investido em navios maiores, porque ao invés de levar uma quantidade em vários navios, você leva essa mesma carga em número menor de embarcações. Isso é uma tendência mundial e com todo o trabalho que realizamos de aprofundamento e alteração da geometria do canal e a chegada desses navios maiores, nós podemos esperar essa redução no número de atrações. Mas o que temos verificado, é que mesmo com essa situação extremamente delicada que estamos atravessando, por causa da Covid-19, com algumas de nossas empresas tendo interrompido sua produção em alguns momentos, nós ainda conseguimos crescer. E isso é muito significativo, toda a movimentação realizada pela APM Terminals no cais público, que chegou a quase 42.000 unidades de TEUs, o próprio complexo encerrar o mês com crescimento de 10% na movimentação é muito bom e eu fico muito feliz com essas notícias. Elas demonstram que o Brasil é muito maior que tudo isso que está acontecendo e quando nós todos passarmos esse momento, teremos sim uma atividade econômica que supra os nossos empregos, que geram a riqueza da nossa cidade e do nosso estado.

 

Porto Itajaí

 

O maior calado de entrada registrado no Complexo foi de 11,7 metros e de saída 12,5 metros.

Os produtos mais exportados foram frango, carnes, madeiras e derivados. Os importados foram mecânicos e eletrônicos, produtos químicos e têxteis diversos.

Em relação as balanças comerciais brasileira e catarinense, Itajaí apresentou participação de 3,3% e 59,6% respectivamente. As exportações representaram 60% do sentido das cargas em tonelagem e as importações 40%.

“Em 2017, quando assumimos essa gestão, havia uma movimentação de cinco mil contêineres/mês no Porto de Itajaí. Hoje essa movimentação é de mais de 41.000 contêineres e traduz toda a pujança do nosso porto. Isso é resultado do esforço de muitos setores, desde a Superintendência, do arrendatário APM Terminals, dos Trabalhadores Portuários Avulsos (TPAs), o setor empresarial, os motoristas de caminhões que acessam as instalações do porto, ou seja, todos que se esforçam diariamente para manter o porto numa crescente cada vez maior, cujo reflexo também é visível por todo o complexo. Nesse contexto eu quero enaltecer a garra, a ousadia e toda a determinação que se vem fazendo, com uma grande união de forças, para manter o porto em movimento, nessa crescente, mesmo em meio a essa pandemia que estamos atravessando”, conclui o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

 

Movimentação de containers

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da SANTA CATARINA Industrial Land e Revista Portuária

 

INVISTA NO ESTADO DE SANTA CATARINA

CONHEÇA O GRUPO SANTA CATARINA

 

O GRUPO SANTA CATARINA é uma Holding Brasileira com sede no Estado de Santa Catarina, fundada há 20 anos, com o objetivo de administrar bens próprios e desenvolver novos negócios Nacionais e Internacionais para INVESTIDORES, FUNDOS DE INVESTIMENTOS, INDÚSTRIAS e EMPRESAS. Atualmente o GRUPO SANTA CATARINA, além de controlar outras empresas, controla a SANTA CATARINA Industrial Land.

O GRUPO SANTA CATARINA Estrutura, Desenvolve, Implanta, Comercializa, Opera e Administra seus Ativos e Novos Negócios. Especializada e Preparada em oferecer soluções no setor Imobiliário Residencial, através de Loteamentos e Condomínios Residenciais, no setor Industrial através de suas Plantas Industriais, Condomínios Industriais, Terrenos Industriais e BTS – Built to Suit, além de seus negócios na esfera de Infraestrutura Nacional.

 

VENHA FAZER SEUS NEGÓCIOS E INVESTIMENTOS EM UMA EMPRESA GLOBALIZADA, ÁGIL, TRANSPARENTE, SEGURA E PRINCIPALMENTE COM LEGALIDADE

Todos os negócios do GRUPO SANTA CATARINA são direcionados ao mercado Nacional e Internacional:

INDÚSTRIAS

EMPRESAS

INVESTIDORES

FUNDOS DE INVESTIMENTO

www.gruposantacatarina.com

Os comentários estão encerrados.